terça-feira, 28 de abril de 2009

Quando a lua sorri

Dando seqüência à série de  textos curtos, segue uma pequena crônica de parágrafo único. Esse acabou de sair do forno. A idéia nasceu enquanto eu voltava do futebol, há umas duas horas atrás, e olhava para o céu, entre uma parada e outra. Enquanto me lembrava de um sorriso que eu havia vislumbrado pouco antes do pôr-do-sol, vi que a Lua o tentava imitar. Não por acaso. O Satélite Natural fazia isso só para me provocar!

Lua Nova
por Maxmiliano Franco Braga

    Voltando para casa, por volta das vinte e trinta da noite, olhei para o céu e vi um sorriso. Branco como lebre, um sorriso bobo, um sorriso alegre. Eu olhava para os carros à minha frente, com luzes vermelhas e laranjas que piscavam. O sinal fechou e parei. Olhei novamente para o céu. Não havia estrelas, só um manto azul escuro, quase negro, e o sorriso debochado cintilante. Uma luz forte piscou atrás de mim. O semáforo estava verde. Enquanto arrancava olhei uma vez mais para o sorriso contente. Vendo minha imagem no retrovisor percebi que eu também sorria para o céu.

5 comentários:

  1. Obrigada, é minha sim.

    Amei sua pequena crônica.
    Você escreve de um jeito tão... romantico :)
    rs.

    Sorrir para o céu, é uma forma de dizer que você se importa com cada estrela que brilha.
    Gosto de olhar para ele todos os dias e sorrir. Mesmo se estiver sol.

    ResponderExcluir
  2. Muitoo lindO!!!
    Sinto-me lisonjeada por servir de fonte de inspiração...

    Grande beijO!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelo comentário...

    Mas como vou aproveitar a minha vez?
    É como eu disse: se eu fosse fazer uma festa, no maximo eu teria 10 convidados e olhe lá. Não tem quem convidar.
    E viagem? eu não tenho dinheiro pra viajar...

    Estou esperando pra ver, mas não estou anciosa.

    ResponderExcluir
  4. Leve , leve quase que flutua rs Os coloca no papel? acho que voariam rs
    Gosto de como descreve as cores, imaginei o vento de início de noite, só faltou falar dele,com o movimento do trânsito ele quase ganha forma.

    ResponderExcluir
  5. cabra
    muito rapida sua mudanca de inspiracao
    roda, gira
    tudo muito rapidao.

    Estranho como voce se perdeu nessas paixao.

    ResponderExcluir

Comentários são sempre bem-vindos...